terça-feira, 23 de maio de 2017

ROCAM E MOTO PATRULHAMENTO DO RONDA CIDADÃ DE MOSSORÓ FREQUENTAM CURSO TEÓRICO E TREINAMENTO PRÁTICO EM PARCERIA COM A HONDA (MOTO ESTE).

Policiais Militares da “ROCAM” RONDA OSTENSIVA COM APOIO DE MOTOCICLETA do 12º BPM, comandado pelo Ten. Cel. Humberto Pimenta e do MOTO PATRULHAMENTO DO RONDA CIDADÃ DO 2º BPM, sob o comando do Major Maximiliano Fernandes, estão participando de um treinamento de pilotagem em parceria com a Moto Oeste Honda de Mossoró/RN.
 
 Aulas praticas

O curso oferecido pelo Centro Educacional de Trânsito José Pereira de Souza, aos militares que atuam nas rondas ostensivas em motocicletas pelas áreas mais criticas da cidade, são ministradas e acompanhadas pelos instrutores realizando aulas teóricas de 1 hora e as práticas 4 horas.
 Aulas práticas
As aulas teóricas servirão para melhorar a aprendizagem dos policiais na segurança do trânsito, a aula pratica de pilotagem melhora as atuações e desenvoltura dos policiais nas ocorrências de acompanhamento táticos e perseguição no combate a criminalidade. 
Índice

Institucional

Características e comando da motocicleta

Manutenção preventiva – PCLOC

Equipamento de proteção

Técnica de Pilotagem

Estratégias de Trânsito

Comportamento 

VTR RD 1901/RONDA CIDADÃO DO 2º BPM LOCALIZA E RECUPERA MOTOCICLETA ROUBADA NO SANTA HELENA EM MOSSORÓ/RN.

Policiais militares da VTR RD 1901 Ronda Cidadã, lotados no 2º Batalhão de Policia Militar, localiza e recupera na tarde de terça, feira, 23 de maio de 2017, uma motocicleta tipo Honda/NXR 125 Bros ES de cor vermelha, ano 2015, placa QGB 0395, com queixa de roubo num terreno baldio no loteamento Santa Helena na Zona Norte da Cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte.
A motocicleta foi conduzida pelos militares até a “DEFUR” Delegacia Especializada em Furtos e Roubos de Mossoró, onde serão realizados os procedimentos cabíveis e legais, antes de ser devolvida a seu legitimo proprietário. 

POLICIAIS MILITARES DE BARAÚNA/RN PRENDEM MAIS UM INDIVÍDUO POR FORÇA DE MANDADO DE PRISÃO.

A Equipe Carcará do Pelotão de Polícia Militar recebeu informações de uma possível venda de drogas na "Rua da Vara" nesta urbe. De pronto, a Polícia Civil de Baraúna junto a policiais da Defur-Mossoró, bem como os militares dirigiram-se ao local informado. Como se tratava de um cerco, as equipes de policiais foram divididas. Quando a Equipe Carcará se dirigia para seu ponto estratégico deparou-se com dois indivíduos numa Fan vermelha em atitude suspeita. Dada a ordem de parada, um dos elementos confessou a prática de assaltos na cidade de Jaguaruana/CE. Disse ainda que estava de alvará, mas não o apresentou. O outro, disse que era "limpo" e que não devia a polícia. Mas também não apresentavam documentação. 
Mandado de prisão em aberto
Responde por vários assalto no CE
Ambos foram conduzidos para Delegacia de Polícia Civil de Baraúna.  Para surpresa dos policiais, o indivíduo conhecido por "Toinho", tem mandado de prisão em aberto e é suspeito de vários homicídios na cidade de Apodi-RN. Já o outro, vulgo "Cheirin", reponde por vários assaltos na cidade de Jaguaruana.

POLICIAIS MILITARES DE BARAÚNA-RN PRENDEM INDIVÍDUO POR FORÇA DE MANDADO DE PRISÃO.

A Equipe Carcará do Pelotão de Baraúna no dia de hoje, por volta das 11:00min, realizava patrulhamento saturação na área do bairro Cinderela nesta urbe, quando percebeu um indivíduo tentando se esconder da polícia.  Ao ser alcançado, verificou-se tratar de Valdeci Vocacio da Silva, vulgo "Cheiroso".
Esse indivíduo tem várias queixas junto a Delegacia Municipal de Polícia Civil de Baraúna pela prática de furtos, principalmente a estabelecimentos comerciais. Em um deles, ele além de furtar, "Cheiroso" fez necessidades fisiológicas dentro da geladeira de uma das vítimas. Informações dão conta de que são mais de dez arrombamentos realizados pelo mesmo.

"Cheiroso" foi entregue a Polícia Civil de Baraúna para procedimentos legais.

DOIS HOMENS QUE ACUSARAM PESSOAS POR FALSOS CRIMES SÃO INDICIADOS PELA POLÍCIA CIVIL DE MARCELINO VIEIRA.

Um dos crimes seria um estupro

Duas investigações realizadas pela Delegacia Municipal de Marcelino Vieira resultaram no indiciamento de Manoel Vandui da Silva e Pedro Pereira Juvêncio pela prática do crime de denunciação caluniosa. Os dois homens relataram falsos crimes e apontaram algumas pessoas para serem investigadas pela Polícia Civil.
No dia 25 de abril deste ano, Manoel Vandui, conhecido como Vanduí registrou boletim de ocorrência narrando ter sido vítima de um crime de estupro praticado pela pessoa de José Michelda Silva, conhecido como Michel de Zé Olavio. O crime teria ocorrido na cidade de Marcelino Vieira.        

“Diante da gravidade da notícia narrada por meio do boletim de ocorrência, nós demos início as investigações no sentido de apurar o suposto crime de estupro e instauramos o competente inquérito policial. Ocorre que com a conclusão dos trabalhos investigativos, constatou-se que não era verdadeira a versão apresentada por Vanduí, de modo que o mesmo foi indiciado pelo crime de denunciação caluniosa, pelo fato de ter dado causa a investigação policial contra uma pessoa, sabendo que a mesma era inocente”, detalhou o delegado da DP de Marcelino Vieira, Paulo Cesário.

Em outro caso, ocorrido em janeiro deste ano, Pedro Pereira Juvêncio registrou boletim de ocorrência narrando que a pessoa de Maria Tacia de Araújo, juntamente com seus dois filhos menores, estavam sendo vítimas de cárcere privado pelas pessoas conhecidas como Amanda eNeto Custódio. O crime estaria sendo realizado na cidade de Tenente Ananias. “ Em razão da notícia crime, também instauramos o respectivo inquérito policial e concluímos que as informações prestadas por Pedro Pereira eram falsas. Assim, ele também foi indiciado pelo crime de denunciação caluniosa. Destacamos que as pessoas não podem achar que a Polícia pode ser utilizada para atingir fins diversos da lei, pois nós temos um compromisso com a sociedade”, afirmou o delegado Paulo Cesário.

Por Gustavo Mariano/Degepol/RN.

POLÍCIA CIVIL PRENDE DUPLA SUSPEITA POR HOMICÍDIO.

Uma equipe de policiais civis prendeu, nesta terça-feira (23), Edson Romário da silva dos Santos, 23 anos, e Flávio do Vale Nascimento, 24 anos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva por serem suspeitos pelo homicídio do adolescente Davi Dos Santos Rodrigues, 15 anos, ocorrido no dia 28 de julho de 2016 no residencial Capinas, localizado na cidade de Macaíba. O adolescente foi assassinado com golpes de pau na cabeça.
Os policiais prenderem Flávio do Vale no bairro Brasil Novo na Zona Norte de Natal e o Edson Romário no mesmo residencial do homicídio.

Por Gustavo Mariano/Degepol/RN.

103º/104º HOMICÍDIOS EM MOSSORÓ 2017: CASAL COM MOTO ROUBADA É MORTO A TIROS EM VIA PÚBLICA NO BAIRRO DOZE ANOS.



Um casal ocupando uma moto Bros 160 com queixa de roubo, foi morto a tiros na madrugada desta terça feira 23 de maio de 2017, na Rua João da Escóssia, ao lado do Cemitério São Sebastião no bairro Doze Anos em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.       

Segundo informações da Polícia Militar,o casal possivelmente vinha sendo perseguido pelos atiradores, uma vez que o jovem e a jovem trafegavam pela contramão subindo a João da Escóssia sentido Centro. 
Segundo a perícia criminal, a mulher ainda não identificada foi atingida por quatro disparos de arma de fogo na região das costa caiu da moto e morreu na hora.              
Já o condutor da motocicleta, identificado como Josean da Silva Lima de 16 anos de idade,foi alvejado com dois tiros, também na região das costas e morreu ao bater em um árvorE a cerca de 200 metros de distância de onde sua parceira ficou morta.  

Ainda não há informações sobre a motivação do crime,mas segundo a Polícia, o jovem já havia sido detido várias vezes, com motos roubadas.     

Os corpos foram removidos para a sede do ITEP onde serão necropsiados e depois liberados para os familiares para que possam providenciar o sepultamentos          

Com o duplo homicídio ocorrido nesta madrugada, a cidade de Mossoró chega aos 104 homicídios no ano. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)        



ERRATA: Pelas imagens no local do duplo homicídio, a propria policia acreditava que a moça fosse Alice, namorada e companheira de Josean, mas segundo o pai do adolescente que foi a Delegacia de Plantão para solicitar a guia de liberação do corpo, a moça morta na ocorrência, não é Alice  




Por Alcivan Villar/Fim da Linha